Quem experimenta uma boa xícara de café não imagina o processo que está por trás e a importância de um bom barista na qualidade do produto final.

Segundo a ABIC, Associação Brasileira da Industria do Café, o Brasil é o segundo país que consome mais café, estando em mais de 98% dos lares brasileiros.

A ABIC diz também que o brasil já produziu mais café do que a Colômbia. Você saberia dizer o que, além do grão do café é importante para esta bebida tão amada?

 

O mais importante de todo o processo é o plantio, pois é preciso entender que o café é uma fruta, e o grão do café e uma semente. Este é cultivado em viveiros até germinar, necessita de ser regado constantemente e protegido do sol, pois a muda do café tem tudo que precisa para se desenvolver.

Quando a muda da fruta se torna um arbusto, ela é plantada. Neste processo, demora-se em torno de três a quatro anos para que a planta do café dê bons frutos. Este processo indica o início de uma nova safra cafeeira, e é conhecido como florada, que geralmente acontece entre os meses de setembro e outubro.

A colheita também é um processo especial, onde a fruta do café deve atingir o estágio máximo de maturação, representados pela coloração amarela ou vermelha. Quando colhida antes do tempo, e com muitos grãos ainda verdes, a bebida perde a sua qualidade e o rendimento final é prejudicado.

A colheita do grão de café pode ser feita de forma manual, mecânica ou seletiva. Muitas pessoas começam a colheita da lavoura de café em maior.

O processo de secagem vem logo após a colheita dos grãos, e pode ser feito de forma natural, quando se deixa toda a fruta ao redor da semente, descascado, e também pode ser feito através de um maquinário, onde se retiram a parte do fruto em volta das sementes, para que a fermentação seja controlada.

Uma das etapas mais importantes é a da prova

A prova é conhecida como cupping, onde acontece o verdadeiro experimento do grão de café. Neste processo é analisado lote por lote de café, verificando sua qualidade e sabor para que seja entregue um produto com garantia em sabor.

Neste momento é avaliado a acidez do café, seu sabor e aroma.

Após a prova, é feito a torra e moagem do grão. Este é o momento em que é transformado o café verde em grãos marrons, que são os que conhecemos e preparamos em casa. Quando o grão estiver torrado, ele está pronto para seguir para uma cafeteira e ser preparado para consumo.

O que os brasileiros mais gostam é a degustação do café, momento em que todo este processo que contamos chega a sua xícara, levando aroma, sabor e conforto.

Cada método de preparo realça ainda mais as características de um bom café, corpo, doçura, acidez e seu aroma que encanta.

O café Gaggia nos proporciona uma nostalgia por conta de seu aroma e sabor. São pequenos detalhes que determinam alguns aspectos notórios quando apreciamos uma boa xícara de café.

Esta é uma percepção multissensorial que nos envolve em uma experiencia completa, que trata sobre o plantio do grão, colheita e armazenamentos dos grãos de café, pois tomar café é uma arte mundial.

 

 

Comentário (1)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo
GAGGIA ® / 2019 todos os direitos reservados.
Design nairuz logo