café especial

Ah, o café especial! O sonho de consumo de todo apaixonado por café. O aroma e o sabor incomparáveis, a qualidade da crema, o corpo do café, a beleza dos grãos… Poderíamos listar uma série de características que tornam esse tipo de café tão único e procurado.

No entanto, antes de tudo, é preciso compreender como identificar se o seu café é especial ou não, e qual a diferença dessa qualidade para as demais. Afinal, não é apenas no preço que um tipo difere do outro. O preço é apenas a consequência dos seus atributos únicos.

Quer saber mais sobre o café especial e como reconhecer? Então continue lendo este conteúdo!

O que torna o café especial tão importante?

A primeira coisa que precisamos entender, antes de falarmos sobre as características do café especial e quais são seus diferenciais, é como funciona a classificação dos cafés. Basicamente, os tipos de qualidade de café podem ser divididos em:

  • Tradicional;
  • Superior;
  • Gourmet;
  • e Especial.

E como saber em qual categoria se encaixa aquela sua marca preferida? Basta saber qual é sua pontuação, de acordo com os critérios estabelecidos pela Specialty Coffee Association – SCA.

O café considerado especial deverá ter, obrigatoriamente, uma nota semelhante ou superior a 80 pontos. Não há classificação superior a esta. Abaixo disso o café já é considerado de qualidade razoavelmente inferior, entretanto cada classificação possui sua própria pontuação.

O que é avaliado na classificação da qualidade do café?

A Metodologia de Avaliação Sensorial é a técnica utilizada para mensurar os atributos do café, com base nas notas atribuídas pelos avaliadores especialistas. Dentre esses atributos, estão:

  • O sabor, assim como a doçura e acidez;
  • O corpo, assim como a uniformidade;
  • A finalização da bebida e a harmonia;
  • A aparência dos grãos e a ausência de defeitos;
  • A percepção pessoal do avaliador, como uma nota final subjetiva.

A partir dos resultados, é possível classificar cada amostra de café (que representa uma determinada parcela da produção) de acordo com sua qualidade.

Como saber se estou consumindo um café especial?

Se você não está acostumado com o consumo de café especial, optando sempre pela qualidade tradicional ou superior, perceberá logo no primeiro momento. Isso porque o café especial é mais doce, menos amargo e dispensa o acréscimo de açúcar.

Mas, se ainda houver dúvidas, geralmente a própria embalagem do café acompanha um selo indicativo. Então preste bastante atenção no momento da compra.

Outro ponto muito importante é garantir que seu “café especial” seja comprado sempre em grãos, nada de café especial moído, combinado? Isso por dois motivos principais:

  1. Se o seu café já estiver moído, não será possível verificar a qualidade e aparência dos grãos. Então, dessa forma, se os grãos apresentarem qualquer tipo de imperfeição, você não saberá.
  2. A partir do momento em que há a quebra dos grãos, inicia-se o processo de oxidação do grão. Por isso, é recomendado que a moagem do grão seja feita minutos antes do preparo da bebida.

O preço aqui não é um valor de referência, ok? Mas é natural que o café especial seja mais caro do que os demais. Isso porque todo o processo de colheita, seleção e preparo dos grãos é cuidadosamente planejado.

Como guardar corretamente seu café especial?

Assim que a embalagem for aberta, o café deve ser imediatamente transferido para outro recipiente esterilizado, seco e com fecho hermético. Isso porque, em contato direto com o oxigênio, os grãos iniciam o processo de oxidação.

Para a moagem, reserva apenas a quantidade necessária para a produção da bebida. Evite guardar o café moído, pois mesmo que esteja em um recipiente bem fechado, a oxidação será acelerada e você comprometerá todos os atributos principais do seu café, como sabor, aroma e corpo.

Caso você tenha se enganado na quantidade e tenha moído mais do que o necessário, não precisa descartar seu café. Basta guardar em um ambiente seco e bem selado, evitando ao máximo o contato com o ambiente externo. E, é claro, tente usar aquele café moído o mais rápido possível.

Qual o melhor método para o preparo do seu café especial?

Precisamos ressaltar que não existe um método de preparo de café perfeito ou ideal. O que existe é o método perfeito para você. Isso porque cada método de preparo realça uma característica única do café, além de oferecer uma experiência completamente nova.

Enquanto que o método de prensa francesa oferece um café rico em cafeína, o café expresso apresenta uma crema deliciosa. Já o método de preparo coado tem toda a experiência da extração do café, ideal para quem gosta de aproveitar cada etapa.

O café especial é altamente recomendado para todos os métodos citados, isso porque, independentemente da forma de extração, o segredo está na qualidade do grão, na técnica e tempo de moagem e, é claro, na qualidade da água utilizada.

 

Gostou das nossas dicas? Então leia também: Torrefação em casa: tudo o que você precisa saber

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo
GAGGIA ® / 2019 todos os direitos reservados.
Design nairuz logo